Sábado, 7 de Julho de 2007

Os chibos

Nem me vou dar ao trabalho de enumerar todas as situações recentes que me levaram a criar este post.

De um modo geral, gosto tanto dos chibos como gosto dos fascistas que utilizam a informação que eles lhes dão. Mas fica aqui a pergunta: Se votaram no Salazar para o maior português de todos os tempos, agora estão a queixar-se de quê? Cada um tem o que merece e parece que andávamos a pedi-las...

Para a próxima, tenham juizinho e não alinhem nessas coisas de votações. A Democracia é um monstro mau, uma criatura besta-fera. Sejam um povo porreiro e deixem que alguém tome as decisões por vocês. É que pela boca morre o peixe e, se a PIDE estivesse a ouvir, não era só o peixe que morria.

publicado por bonecatenebrosa às 14:17
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

25 de Abril sempre!

Bem, voltei agorinha mesmo da manifestação e devo dizer que foi porreiro, aliás como nos anos anteriores.

Pensei que desta vez alguma coisa iria correr mal porque não consegui arranjar cravos vermelhos e isso era mau presságio (sem contar com a vitória do Salazar nos Grandes Portugueses), mas a única coisa mais chata foram mesmo os pólenes das árvores da Av. da Liberdade a entrarem pelos olhos e nariz adentro.

Os meus agradecimentos a todos os que tornaram o 25 de Abril de 1974 possível porque, se não fosse por eles, este blog e outras coisas bem mais importantes não existiriam.

Um bem haja a todos os camaradas e para o ano há mais!

publicado por bonecatenebrosa às 18:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2007

Terra de grandes portugueses

Os noticiários são, de facto, uma fonte de inspiração! E isto verifica-se principalmente quando mencionam notícias antigas, das quais já nem sequer nos lembrávamos.

Hoje, a RTP apresentou alguns dados do relatório da PJ quanto à criminalidade. Embora eu pudesse tecer aqui diversos comentários pertinentes (ou não) relativamente à segurança do país e à evolução criminal do delinquente nacional (ou internacional dirá o simpatizante do PNR), não é isso que pretendo fazer.

Quero apenas chamar a atenção para um sujeito que em muito contribuiu para o número elevado de homicídios perpetrados em Portugal no ano de 2006. Não recordo o nome da figura, mas trata-se do ex-elemento da GNR de Santa Comba Dão que durante aquele ano divertiu-se a matar raparigas da região, dando um passo de extrema relevância no sentido de Portugal atingir um nível de desenvolvimento cada vez mais semelhante ao dos Estados Unidos no que toca a serial killers.

Ora, acontece que Salazar também é de Santa Comba Dão. E embora nunca tenha sujado as mãos a matar pessoas foi, no mínimo, um assassino da liberdade que, recentemente, foi eleito o maior português de sempre (atenção: o maior, não o melhor).

Será que um dia veremos também o serial killer ser eleito grande português? Espero que não! Caso contrário, Santa Comba Dão entrará para a história como uma fábrica de grandes portugueses, que o são pelos piores motivos.

publicado por bonecatenebrosa às 14:03
link do post | comentar | favorito

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. Os chibos

. 25 de Abril sempre!

. Terra de grandes portugue...

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Visitas

Counter
Free Counter

.Agora estão cá quantos?

online

.Eu vim de longe...

.Para onde vos mando