Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Olha a novidade...

Foi lançado um livro que, ao que parece, diz que a polícia portuguesa está "mal-preparada, desmotivada e sem condições de trabalho" (tal como a maior parte dos portugueses).

Segundo o livro, os polícias queixam-se de estarem sujeitos a algumas regras que não compreendem e que os colocam em maior risco, bem como de serem alvo de perseguições internas e favoritismos (problemas estes que também são vividos por outros profissionais portugueses).

O livro acrescenta que boa parte dos agentes sofre de problemas de saúde, incluindo a nível psicológico. A meu ver, a questão que se coloca é se já tinham estes problemas antes e, por isso, decidiram ser polícias ou se começaram a ter os problemas depois de já lá estarem (seja como for, muitos profisionais portugueses também têm problemas psicológicos).

Isto para concluir que todos estes motivos estão subjacentes aos suicídios dos polícias. Ora, impõe-se então a questão de por que motivo não há igual número de suicídios nas restantes classes profissionais? A resposta é simples: os polícias têm maior facilidade no acesso a armas. Se o acesso fosse igual nas outras classes profissionais, era começar a ver suicídios em massa.

publicado por bonecatenebrosa às 18:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Para o vosso bem, fiquem por aqui

"A Polícia Judiciária desencadeou hoje uma operação no âmbito da investigação de pornografia infantil, que envolve 71 buscas domiciliárias e cerca de 300 agentes em Portugal continental e ilhas.", é uma das notícias de hoje do Sapito.

Para aqueles de vós que são tarados, mas mesmo tarados, tão tarados mas tão tarados que nem sabem o que hão-de fazer de tão tarados que são, fiquem quietinhos em casa à espera que vos batam à porta e tenham medo, muito medo!

Para aqueles de vós que são pessoas com uma sexualidade saudável (ou pelo menos, que não são criminosos), fiquem-se pelo meu blog, que aqui está-se bem. É ameno, acolhedor, trata bem as visitas e ninguém é preso por cá vir. Tudo coisas boas!

publicado por bonecatenebrosa às 12:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

Quem tem telhados de vidro...

A página do SAPO apresenta a seguinte notícia: "A Polícia Judiciária volta a ser posta em causa pela comunicação social inglesa. Numa reportagem que está a passar na Sky, o jornalista de investigação criminal Martin Brunt acusa a polícia portuguesa de ter selado, tardiamente, o apartamento de onde terá desaparecido Madeleine. De acordo com a reportagem, o grande erro da polícia portuguesa foi não ter selado, de imediato, o apartamento, permitindo que o local do crime fosse contaminado."

Infelizmente, a PJ não me paga para defender a sua actuação e, assim sendo, não pretendo fazê-lo. Aliás, acho que o Mr. Martin Brunt, esse génio do jornalismo de investigação criminal, não está a dizer nada que o cidadão português mais ignorante também não diga. Como tal, agradecia que, para a próxima, dissesse algo completamente novo, digno de uma figura reputada. Assim, quem sabe, revelar a verdadeira identidade do Jack, o Estripador. Ah, pois é, a polícia inglesa nunca descobriu... Bloody hell!

publicado por bonecatenebrosa às 11:11
link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Setembro de 2007

É bom quando tudo faz sentido

Até agora tenho evitado fazer grandes comentários ao desaparecimento da Madeleine. Não tenho paciência para posts lamechas que apelam à bondade das pessoas nem para os indignados com a maldade do mundo. Há coisas que sempre achei que não batiam certo mas isso também nunca foi grande novidade, por isso não havia muito a dizer.

Agora, o que eu acho piada é que as pessoas que de início criticavam os pais por serem negligentes, que os acusavam de ter comportamentos sexuais perversos e de terem drogado os filhos, pouco tempo depois começaram a mostrar-se extremamente solidárias, com pena dos pobres paizinhos e, agora, vão para a porta da PJ vaiar e insultar as mesmas pessoas que até há pouco tempo apoiavam. Isto não é propriamente notícia no nosso país. Já se sabe que boa parte das pessoas não tem opinião, limitando-se a baloiçar conforme manda a comunicação social e, pelo caminho, vão dando espectáculo. Na política também é assim, portanto como o exemplo não vem de cima, também não se pode esperar muito...

Outra coisa engraçada são os próprios pais da criança que, de início, diziam que não saíam de Portugal enquanto a filha não fosse encontrada, mas agora que são arguidos decidem que talvez seja melhor irem-se embora. Talvez seja porque, entretanto, a conta bancária que tinha sido aberta para ajudar e encontrar a Madeleine já esteja bem recheada. Com aquele dinheiro todo, eu também aproveitava para fazer uma viagem.

Por fim, a polícia constitui arguidos os pais da criança, aplica-lhes termo de identidade e residência, diz que em breve irá proceder a detenções e, dias depois, eles saem do país. Resta-me esperar que a polícia tenha mais informação do que eu e que depois explique tudo devagarinho, como se fossemos todos crianças de 4 anos porque, se é só isto, sem dúvida que há muita coisa que ninguém vai perceber. É melhor chamarmos o macaco Gervásio! Se ele conseguiu fazer a separação do lixo em menos de 2 horas, pode ser que também consiga encontrar a Madeleine, fazer as detenções e explicar o processo à população.

publicado por bonecatenebrosa às 13:16
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. Olha a novidade...

. Para o vosso bem, fiquem ...

. Quem tem telhados de vidr...

. É bom quando tudo faz sen...

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Para onde vos mando