Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Há mais na Madeira para além do Alberto João

Depois de publicitar o arquipélago dos Açores, lembrei-me que alguns dos madeirenses não têm culpa de terem o presidente do governo regional que têm porque, no fim de contas, nem todos votaram nele.

Infelizmente, a Madeira teve um sobre-desenvolvimento que se nota no excesso de hotéis. Ainda assim, e principalmente à medida que nos afastamos do centro das cidades, a paisagem vai melhorando substancialmente. Penso que foram estas considerações que levaram a que, na classificação das melhores ilhas, a madeira ficasse apenas em 69.º lugar.

Posto isto, e porque o arquipélago da Madeira também tem coisas que merecem ser vistas, decidi também colocar aqui algumas fotos que tirei quando lá estive.

publicado por bonecatenebrosa às 13:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 22 de Julho de 2007

Sevilhanas Vs Fandango

Há poucos dias o Senhor José Saramago disse sabiamente que Portugal devia ser integrado na Espanha e formar um novo país, cujo nome seria Ibéria. Esta é, sem dúvida, a ideia mais patriótica que alguém podia ter.

Cada vez gosto mais deste homem! Gosto das ideias dele e gostei quando li o Memorial do Convento, depois o Ensaio Sobre a Cegueira, O Evangelho Segundo Jesus Cristo, As Intermitências da Morte, O Homem Duplicado e Todos os Nomes. O Ano da Morte de Ricardo Reis é que me está a custar um pouco mais, mas hei-de lá chegar, com tempo, porque as coisas boas devem ser saboreadas.

Essa seria, de facto, a melhor maneira de fazer Portugal sair do buraco. E a este propósito, lembrei-me agora de há algum tempo ter lido a seguinte frase: "só quando batemos no fundo é que percebemos que o fundo pode descer mais um bocadinho". É isto que eu vejo acontecer neste nosso país à beira mar plantado.

Vejo gente criticá-lo por ser anti-patriótico e por estar a servir os interesses dos espanhóis. Não concordo. Aliás, o problema é precisamente ele estar a ser excessivamente patriótico e a servir apenas os interesses dos portugueses. Sejamos realistas, a ideia do Senhor Saramago só é difícil de aplicar porque teríamos de convencer os espanhóis a quererem Portugal e os espanhóis, felizmente para eles, têm juízo. Qualquer pessoa consegue ver que integrar Portugal é um mau negócio, principalmente porque a ilha da Madeira (e, consequentemente, o sr. Alberto João Jardim) faria parte do pacote. Se os espanhóis falassem português, ao ouvir a sugestão do Senhor Saramago, diriam algo do estilo "chiça penico!!!".

publicado por bonecatenebrosa às 14:21
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Maio de 2007

E porque não o País Basco?

Pois é, contrariamente a todas as expectativas, o Alberto João Jardim ganhou de novo. Não estava mesmo nada à espera, fiquei tão desiludida.

Não há muito a dizer sobre o assunto, aliás no caso do Marques Mendes, o melhor era ficar caladinho ou pedir autorização às pessoas crescidas antes de falar porque, sinceramente, dizer que a vitória do Alberto João representa um momento de mudança... Mudança por comparação com quê? Com as últimas décadas? Não me parece. Talvez com os últimos séculos... Mas verdade seja dita, o Alberto João já mandava na Madeira no milénio passado!

Só quero deixar bem claro que apoio os madeirenses em qualquer processo de independência perante o colonialismo do continente. E isto porque já ninguém está para os aturar. Comparados com o Alberto João, os etarras até são uns gajos mansos! Podíamos fazer uma troca com os espanhóis, mas não me parece que eles sejam estúpidos para aceitar.

Assim sendo, apenas peço que se for para dar a independência à Madeira (algo de que eu gostaria bastante), é para serem mesmo independentes. Não é para ser como aqueles putos mimados que saem de casa dos pais mas continuam a ir lá comer todas as refeições e a levarem a roupa para as mães lavarem e passarem a ferro. Não é para ser como com Timor em que, demos-lhes a independência mas cada vez que precisam de dinheiro, lá vamos nós ajudar, cada vez que precisam de tropas para resolverem as merdas que lá fazem, lá mandamos nós os militares.

Querem ser independentes, sejam. Mas a partir daí, não chateiem!

publicado por bonecatenebrosa às 13:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 4 de Maio de 2007

A Madeira é O Jardim

Aproxima-se o grande dia das eleições na Madeira. Como não sou madeirense, não me vou pôr a fazer campanha, apesar de até ter uns slogans giros, do tipo "Viva a corrupção, vota Alberto João" ou "A Madeira é o Jardim e a palhaçada não tem fim".

Felizmente, os madeirenses ainda vivem num país democrático (Portugal e não a Madeira, ao contrário dos que alguns provavelmente acreditam) e são livres de elegerem quem quiserem. Por este motivo, darei a minha opinião quando os resultados saírem. Visto que eu, tal como toda a gente com 2 dedos de testa, já sei quem vai ganhar, fico com mais tempo para preparar um post como deve ser.

Por agora, vou-me limitar a deixar-vos com a vaca madeirense que desfilou na Cow Parade. Como podem ver, é uma vaca cosmopolita, bastante enfeitada e que se entreteve a ver lojas no Colombo. Muuu para todos vós!

publicado por bonecatenebrosa às 14:26
link do post | comentar | favorito

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. Há mais na Madeira para a...

. Sevilhanas Vs Fandango

. E porque não o País Basco...

. A Madeira é O Jardim

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Para onde vos mando