Domingo, 2 de Dezembro de 2007

Homens seguros da sua sexualidade... seja ela qual for

Se achavam a Rhianna sensual, vejam isto:

http://www.youtube.com/watch?v=E0WRk30HLnQ

publicado por bonecatenebrosa às 12:32
link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Caso de internamento

Admira-me como as pessoas com tempo e dinheiro arranjam sempre maneira de fazer coisas estúpidas e aqui fica um exemplo disso:

http://www.youtube.com/watch?v=Xz7_3n7xyDg

As que têm um bocadinho de tempo e pouco dinheiro, limitam-se a encontrar o que os outros fizeram e a divulgar nos seus blogs...

publicado por bonecatenebrosa às 14:32
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Mundinho de fantasia

Vi hoje um videoclip que já não via há imenso tempo e que adoro. É o The Joker do Fat Boy Slim. A música não é nada transcendental, mas o videoclip é um espectáculo. Gosto particularmente do polícia, dos trolhas e do sem-abrigo, mas a minha cena preferida é quando eles vão comprar catnip (erva para gatos). Aqui fica:

http://www.youtube.com/watch?v=Xgk9ouBuj-4

publicado por bonecatenebrosa às 14:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 23 de Setembro de 2007

É preciso não ter medo do ridículo

Andei a passear alegremente no youtube e descobri esta preciosidade da banda Adam & The Ants, chamada Prince Charming:

http://www.youtube.com/watch?v=1lCzIMacsEs

Adorei o pormenor do gatinho preto de peluche a ser transformado em pantera!

publicado por bonecatenebrosa às 13:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 22 de Setembro de 2007

Use o preservativo

Têm anunciado na televisão o filme português "Capacete Dourado". Não sei se o filme é bom ou mau, mas admito que gosto de ver o trailler para ouvir nem que seja só um bocadinho da música "Quero é Viver", cantada pelo Camané com os Humanos, e cujo link fica aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=yG7334OWRkg

Agora, o slogan que apresentam no filme, "Viver no abismo exige protecção" parece saído de um anúncio a preservativos. Mostram os jovenzinhos a ser mais ou menos rebeldes e só falta dizerem qualquer coisa do género "não deixes que a sida te dê cabo da vida"... De qualquer modo, também deixo aqui o trailler:

http://www.youtube.com/watch?v=imvkXDMwxJ0

publicado por bonecatenebrosa às 14:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 8 de Setembro de 2007

A música brasileira e a vida sexual

Bom, após o sucesso do post "os power rangers e a vida sexual", que fez disparar as visitas a este modesto blog, pensei que vocês, meus queridos e tarados (no bom sentido) amigos, poderiam também gostar desta pérola das revistas tipo Maria.

Primeiro, qual é o problema? O que não falta aí é música brasileira, alguma da qual de qualidade. Se eu fosse o sujeito dos power rangers mandava-te passear porque, comparado com ele, até és um tipo cheio de sorte.

Segundo, até hoje nunca fui a nenhum concerto da Ivete Sangalo mas acho que se algum dia for, vai ser fácil encontrar-te. Tu deves ser o tipo mais feliz do concerto...

Terceiro, o pior que te pode acontecer quando estiveres a meio de uma sessão de sexo louco e sem limites é começares a sambar, o que até pode ser interessante, por isso não te queixes que há coisas bem piores.

Quarto, o tipo dos power rangers era de Braga, este é do Porto. Andará a passar-se alguma coisa estranha com a vida sexual e musical dos homens do Norte? Qualquer dia falo sobre isto na 6.ª Sobrenatural.

publicado por bonecatenebrosa às 13:10
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Há músicas muito boas (e homens também)

Bem, encontrei este videoclip no youtube. É da música Summer Wine, cantada por Ville Valo e Natalia Avelon.

http://www.youtube.com/watch?v=2QwTtb6PPpI

Devo dizer que cada vez que o Ville aparecia, eu ouvia as vozes na minha cabeça dizerem "paisagem humana, paisagem humana". A bem da verdade, as vozes da minha cabeça diziam mais coisas mas achei que talvez não fosse boa ideia pô-las aqui. Digamos apenas que não era preciso nenhum Summer Wine para ele me tirar do sério...

publicado por bonecatenebrosa às 13:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 8 de Julho de 2007

Vamos todos dar as mãos e cantar uma cantiga

Geralmente preocupo-me com o ambiente (em especial com a vida animal) e, por isso, decidi ver um pouco do Live Earth. Foi uma decisão que mantive durante pouco tempo, porque apesar dos meus interesses ambientais e musicais, a minha paciência para aturar as hipocrisias associadas tem limites.

Chateiam-me solenemente as mensagens de rodapé do tipo "acendam velas porque é romântico e gasta menos energia", "separem o lixo", "usem energia solar", and so on... Será que estas pessoas querem convencer-me que não vão de carro para o trabalho, que não usam roupas e sapatos que implicam a morte de animais e gastos energéticos, que não usam ambientadores e desinfectantes e que, se tiverem publicidade no pára-brisas do carro, guardam o papel para levá-lo ao ecoponto? Já para não falar que, para mandarem as sms para o programa, utilizaram o telemóvel e, consequentemente, gastaram energia. Algumas sugestões: vamos demolir as casas, plantar árvores, despir as roupas, e vamos viver para o bosque, com uma mão na frente e outra atrás, esperar que a fruta caia das árvores para podermos comê-la.

E o argumento do "vamos fazer um mundo melhor para os nossos filhos e netos". Mas filhos e netos de quem? Se eu não tiver filhos nem netos posso estar-me borrifando? Perguntem aos vossos filhos e netos se gostavam de viver sem televisão, computador, leitor de DVD, mp3, playstation, etc. Depois digam-me as respostas para eu ver se os filhos e netos estão, de facto, interessados em viver num mundo melhor, ou se simplesmente querem viver confortavelmente no mundo que têm. Abdiquem das comodidades primeiro e depois, quando estiverem de novo no tempo das cavernas, a matarem-se à mocada por um naco de carne crua, vejam lá se não preferiam a carninha comprada no supermercado, para o qual se deslocaram de carro, que transportaram em sacos de plástico, que é preparada num fogão e à qual juntam uma quantidade de ingredientes manipulados industrialmente e embalados.

E a propósito de comida, para mim o cúmulo foi quando o Nuno Markl disse que tinha ido comer uma carcaça e que tinha mandado um bocado fora, ao que a Catarina Furtado perguntou se ele tinha dado um beijinho no pão antes de o pôr no lixo. Isto porque, segundo ela, tinha mandado fora algo indispensável e que fazia falta a muita gente... Acho que os neurónios da Catarina estavam em greve ou em Hamburgo a ouvir algum concerto! Em primeiro porque, se até para os animais "os restos não são uma alimentação completa", acho que a suposta solidariedade da Catarina devia levá-la a dar aos pobrezinhos comida em primeira mão, e não aquilo que são os restos dos outros. Em segundo, imaginem esta situação: eu sou uma criancinha africana (por exemplo, da Etiópia), já vi a minha família toda a morrer pelos mais variados motivos, tenho a barriga grande de fome e já nem tenho forças para enxotar as moscas que tenho à volta dos olhos e, de repente, alguém passa por mim e diz-me "olha, acabei de mandar fora um bocado de pão, mas não fiques lixado porque eu dei-lhe um beijinhos antes, já que é algo tão precioso para ti". Acho que, nesse momento, se conseguisse reunir forças para alguma coisa, seria para partir a cara ao cabrão que me dissesse isso. Depois podia morrer em paz!

Será que a Catarina, quando tiver o segundo filho, vai pari-lo no meio do mato, em sintonia com a natureza? É que nos hospitais produz-se montes de lixo e é chato para o ambiente... E se pensarmos nas fraldas de que vai precisar! É melhor usar as de pano porque as descartáveis poluem mais. Mas as de pano precisam de água para serem lavadas. Oh, dilema! Talvez o melhor seja não ter filhos. Ao menos assim não teria de se preocupar com o planeta que vai deixar para eles...

Continuo a achar, sem muitas preocupações, que o fim do mundo está para breve. Tenciono estar lá e até já consigo imaginar as baratinhas a esfregarem as patinhas de contentamento. Quanto ao Live Earth, valeu pela música. De boas intenções está o inferno cheio.

música: It's the end of the world as we know it (and I feel fine)
publicado por bonecatenebrosa às 22:23
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 4 de Julho de 2007

1.ª maravilha de Portugal

A capacidade do ser humano para fazer coisas ridículas nunca deixa de me espantar. Assim sendo, não posso deixar de sugerir para 1.ª maravilha de Portugal este videoclip da música "A Pouco e Pouco", do José Cid. Acho que é o primeiro compositor capaz de, numa letra de música, mandar a sua gaja fazer favas com chouriço, depois de dar um beijo no escrivão e comentar que a secretária é boa. Para cúmulo, ainda o vemos sem óculos, o que é um momento histórico.

http://www.youtube.com/watch?v=wMAel2PcMMU

E como uma desgraça nunca vem só, aproveitem para ver como foi quando este ídolo da música portuguesa se passou completamente durante um concerto. Sinceramente, eu também me passava se o pessoal não parasse de atirar cuecas! Ou então abria uma loja de roupa interior...

http://www.youtube.com/watch?v=nQrFScxG7eo&mode=related&search=

publicado por bonecatenebrosa às 12:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Maio de 2007

Regresso à infância

Ainda dando continuidade ao post anterior, sugiro que visitem este link:

http://www.misteriojuvenil.com/piratas_momentomagico.htm 

Tem as músicas e alguns genéricos de desenhos animados, séries infantis e de ficção, etc, todos do milénio passado e que fizeram as delícias de muitas crianças. Vale a pena!

publicado por bonecatenebrosa às 19:57
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Reconhecer competências

Para quem ainda não ouviu o novo single do Pedro Abrunhosa, "Quem me leva os meus fantasmas", só posso dizer que recomendo vivamente. Aliás, sugiro que ouçam aqui mesmo no sapo, ao mesmo tempo que vêem o videoclip, já que este dá muito mais força à música e letra.

De facto, o Pedro Abrunhosa é um dos poucos indivíduos no nosso país que, reconhecendo as suas limitações, conseguiu fazer uma carreira de sucesso naquilo que sabe. Não sei se ele sabe cantar ou não, mas ao menos sabe compor e sabe declamar e é precisamente isso que ele faz, com música de fundo.

Não querendo reduzir a pó as aspirações de todos e de cada um, era bom que houvesse mais gente com a mesma noção e que, em vez de se meter em cowboyadas para as quais não tem competência, se limitasse a fazer o que sabe para evitar fazer asneiras.

Como se diz na RFM, vale a pena pensar nisto.

publicado por bonecatenebrosa às 11:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. Homens seguros da sua sex...

. Caso de internamento

. Mundinho de fantasia

. É preciso não ter medo do...

. Use o preservativo

. A música brasileira e a v...

. Há músicas muito boas (e ...

. Vamos todos dar as mãos e...

. 1.ª maravilha de Portugal

. Regresso à infância

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Para onde vos mando