Domingo, 25 de Novembro de 2007

Objectivos realistas

Notícia do Sapo: "O governo do presidente norte-americano, George W. Bush, reduziu as suas metas políticas para o Iraque, fixando para os EUA e seus aliados em Bagdad objectivos modestos, com o fim de poder alcançar êxitos".
1.º Objectivo - Abrir os olhos ao acordar.
2.º Objectivo - Pôr um pé à frente do outro ao andar (isto já é mais difícil considerando a quantidade de amputados que deve haver por lá).
3.º Objectivo - Tentarem manter-se vivos durante a explosão de uma bomba num qualquer mercado iraquiano (ui, para o objectivo continuar a ser modesto, não é preciso conseguirem, basta tentarem).
4.º Objectivo - Se virem um senhor com um cinto de explosivos e um detonador, correr no sentido oposto.
5.º Objectivo - Não atacar tropas aliadas (este é mais complicado, têm de estar atentos e pensar antes de disparar, mas com jeitinho pode ser que consigam).
6.º Objectivo - Para aqueles que forem muçulmanos, rezar 5 vezes por dia, virado para Meca (vá, já estão habituados, não custa nada).
7.º Objectivo - Não gozar com os muçulmanos quando eles assumirem a posição de oração (é chato e que atire a primeira pedra o americano que nunca se pôs de rabo para o ar).
8.º Objectivo - Não aprender português (Mr Bush says it's a waste of money and I agree since most portuguese can't speak their language properly as well).
9.º Objectivo - Evitar cantar e dançar "The roof is on fire" durante a explosão de uma bomba num bairro residencial iraquiano.
10.º Objectivo - Fechar os olhos ao ir dormir.
Pronto, é difícil mas esperamos um esforço árduo no sentido de alcançar o sucesso. A vitória depende disto!
publicado por bonecatenebrosa às 14:37
link do post | comentar | favorito
Sábado, 20 de Outubro de 2007

Sabia que eras burro, mas não comediante

O presidente Bush (ou arbusto) andou a dizer por aí que a única maneira de evitar a 3.ª Guerra Mundial era impedir o Irão de desenvolver armas nucleares. Admira-me como é que ele conseguiu acertar naquele que seria o número da guerra. Mostra que ele sabe que já houve duas guerras antes, o que é estranho considerando a pessoa de quem estamos a falar.

De qualquer modo, este discurso produziu em mim uma súbita sensação de déjà vu. Tenho a impressão que, antes da invasão do Iraque, tinha ouvido o mesmo presidente dizer que havia aí armas de destruição maciça e, a não ser que algo me tenha escapado, parece-me que não encontraram lá nada... a não ser petróleo.

Por outro lado, ainda não percebi muito bem a legitimidade dos EUA para falar de armas nucleares e guerras mundiais. Se a memória das aulas de História não me falha, os EUA foram o único país até hoje que usou armas nucleares para fins bélicos, precisamente durante a 2.ª Guerra Mundial. É bonito quando uma pessoa tem medo que os outros países façam aquilo que o seu próprio país já fez e, por isso, ameaçam repetir os mesmos erros do passado. Isto é que é aprender com a experiência!

Por fim, há algum tempo, vi no youtube um vídeo em que faziam perguntas de cultura geral à população americana. Foi cómico vê-los com um mapa à frente, a situarem o Irão no local onde fica a Austrália. Acho que era boa ideia os australianos ficarem de sobreaviso, só para a eventualidade de lhes cair uma bomba americana em cima, quando os iranianos começarem a desenvolver armas nucleares...

publicado por bonecatenebrosa às 14:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. Objectivos realistas

. Sabia que eras burro, mas...

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Visitas

Counter
Free Counter

.Agora estão cá quantos?

online

.Eu vim de longe...

.Para onde vos mando