Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Olhe que não, senhor.

Vou fazer uma das revelações mais vergonhosas da minha vida: sim, houve um dia em que delirei com o Cristiano Ronaldo! Tudo tem uma justificação. Eu estava doente, com febre, a delirar, e entre inúmeras outras coisas sem sentido, delirei com o Cristiano Ronaldo. É um estigma e um trauma que me vão acompanhar para o resto da vida, mas paciência...

No entanto, tenho a certeza que neste aspecto sou invejada por muita gente. Não em relação a estar doente e com febre, mas em relação ao delírio com o Cristiano Ronaldo. Posto isto, quando vi o anúncio do BES em que ele aparece a dizer que se não saísse do colchão, não rendia, eu permiti-me discordar.

É um facto que será difícil ele render tanto no colchão como rende a jogar no Manchester, principalmente porque é pago para jogar, e não para ficar no colchão. Ainda assim, conhecendo as declarações da "acompanhante" que ele contratou há algum tempo sobre o seu desempenho sexual, e sabendo da quantidade de meninas e meninos que não se importariam de passar algum tempo com ele no colchão (quem sabe a olhar para as estrelas, a discutir o substrato sociológico dos Morangos com Açúcar ou a cantar o bailinho da Madeira), atrevo-me a sugerir que, um dia, quando já não tiver pernas para o futebol, ganhe mesmo a vida no colchão. Pode ser que renda.

publicado por bonecatenebrosa às 12:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. Olhe que não, senhor.

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Para onde vos mando