Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

A nossa palavra do Senhor é mais autêntica que a vossa

Segundo a TSF online "O Vaticano reagiu esta terça-feira, em comunicado, com tristeza à adopção pela Igreja de Inglaterra (anglicana) da ordenação de mulheres bispos, sublinhando que esta constituirá «um novo obstáculo para a reconciliação» entre as duas Igrejas". Ao que parece, o argumento para a Igreja Católica insistir que só os homens podem ser padres, bispos ou ter outros cargos semelhantes é que estão a dar continuidade aos ensinamentos de Jesus que escolheu 12 homens para seus apóstolos.

Desses 12 homens, segundo os ensinamentos da própria Igreja Católica, um traiu-o, outro negou-o três vezes, o líder acabou crucificado e os outros morreram todos de mortes mais ou menos lixadas. Como podem ver, a Igreja Católica deve ter achado que tudo correu às mil maravilhas e, seguindo a ideia de "em equipa que está bem não se mexe" prefere deixar tudo como está. De facto, os actos sanguinários e os martírios fazem parte da história da Igreja Católica desde que surgiu, e há que manter as tradições!

Interessante também é dizer que o processo evolutivo conduzido pelas outras religiões constitui um obstáculo à reconciliação. Porque é que os outros é que têm de mudar? Qualquer dia vêm os padres anglicanos dizer que vão deixar de tolerar a pedofilia e os católicos queixam-se que isso também é um obstáculo à reconciliação. Se eu fosse anglicana ou de outra religião qualquer (felizmente não sou) mandava os católicos irem enfiar a reconciliação num orifício! Para aqueles de vós que não perceberam, o orifício de que estou a falar é a ranhura da caixa de esmolas.

publicado por bonecatenebrosa às 11:46
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De planiciemetalica a 10 de Julho de 2008 às 13:55
O argumento de que as mulheres não podem ser padres porque os discípulos de Cristo eram todos homens permite raciocínios interessasntes. Por exemplo: eles eram todos palestinianos; isso significa que só os palestinianos podem ser padres? Cá está uma proposta interessante que devia merecer a reflexão de certas cabecinhas pensadoras.

Além disso, convém também lembrar que as teorias à volta da existência de discípulas (com Maria Madalena à cabeça) são antigas e não nasceram com o código DaVinci e produtos afins.
De bonecatenebrosa a 10 de Julho de 2008 às 21:10
A ideia não era serem discípulos mas sim apóstolos. Seja como for tens razão, principalmente na parte dos palestinianos. Alguém devia avisar os gajos de que andam a defender a religião errada e todas as missas deviam passar a ser rezadas naquela língua arravezada deles.

Comentar post

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. 6.ª Sobrenatural - "O euc...

. O fundo pode descer um po...

. Acto de terrorismo

. Duas questões para reflec...

. 6.ª Sobrenatural - "Levit...

. A solução para os problem...

. Dá-me o computador!

. Olha a novidade...

. Já não me metia com eles ...

. 6.ª Sobrenatural - "Quand...

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Visitas

Counter
Free Counter

.Agora estão cá quantos?

online

.Eu vim de longe...

.Para onde vos mando