Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Digno do Dia das Bruxas

O novo estatuto do aluno está a causar polémica, principalmente porque parece incentivar o absentismo. Embora também tenha bastantes reservas em relação a este novo estatuto, permitam-me fazer o papel de advogada do diabo (a ministra Maria de Lurdes Rodrigues) e chamar a atenção para os seus aspectos positivos:

1 - Os professores não são obrigados a aturarem os alunos que, estarem na aula ou não, dá exactamente no mesmo.

2 - Os colegas desses alunos também não são obrigados a aturá-los.

3 - Numa turma porreira, um professor pode chegar a dar aulas a 2 gatos pingados ou às mesas da sala que, provavelmente, passarão a estar muito mais limpas e estarão muito mais atentas.

4 - Os pais dos jovens vão poder passar muito mais tempo com eles, durante o horário lectivo; mas isto, só se os conseguirem apanhar, o que vai obrigar os pais a fazerem exercício, promovendo a sua saúde.

5 - Os supermercados, bombas de gasolina e outras áreas comerciais vão ter de desenvolver novos sistemas de segurança e dar emprego a mais seguranças, para garantirem que os produtos vão continuar a ser vendidos e não apenas "levados sem o conhecimento dos proprietários".

6 - Os exames que os jovens fazem no final do ano (marcado pelo absentismo) vão ser tão fáceis que toda a gente vai passar e, a nível europeu, as nossas estatísticas de sucesso escolar vão ser as melhores.

Aqui fica uma história pessoal: quando eu andava na escola primária, ouvia os professores dizerem que iam passar o aluno X ou Y apenas porque não tinham paciência nem saúde para continuarem a aturá-lo; no 12.º ano, tive uma colega que, em todos os testes de Matemática que fizémos, tinha notas que variavam entre o 2 e o 6 e, no final do ano, a professora deu-lhe 9,5 porque achou que ela "merecia uma oportunidade". Além disso, costumo ver os exames de acesso ao ensino superior e estão cada ano mais fáceis.

Como podem ver, o facilitismo sempre existiu, simplesmente agora está regulamentado. Não quero pôr-me para aqui com conversas do tipo "no meu tempo é que era bom", mas a verdade é que vejo os alunos serem cada dia mais estúpidos, aos mais diversos níveis. Isto acontece porque os pais acham que a escola é que deve educar, quando à escola só cabe ensinar e, infelizmente, nem ensinar a escola consegue.

Depois fazem-se caças às bruxas para ver de quem é a culpa quando as merdas acontecem. Eu acho que devíamos deixar as bruxas sossegadinhas, que elas não fazem mal a ninguém e começar a caçar estúpidos. Eles também andam aí... e a maior parte está na assembleia.

publicado por bonecatenebrosa às 15:56
link do post | comentar | favorito
|

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. 6.ª Sobrenatural - "O euc...

. O fundo pode descer um po...

. Acto de terrorismo

. Duas questões para reflec...

. 6.ª Sobrenatural - "Levit...

. A solução para os problem...

. Dá-me o computador!

. Olha a novidade...

. Já não me metia com eles ...

. 6.ª Sobrenatural - "Quand...

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Visitas

Counter
Free Counter

.Agora estão cá quantos?

online

.Eu vim de longe...

.Para onde vos mando