Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

6.ª Sobrenatural - "Saltos na criação - anomalias"

"Pouco depois de ser descoberto em 1927 em Lubaantun, Honduras Britânicas, [o crânio de cristal reproduzido em baixo] tornou-se conhecido como o Crânio do Destino, e sucessivos relatos relacionaram-no com várias mortes inexplicáveis.

Para os observadores científicos, o mistério essencial do crânio é de carácter logístico: como apareceu ele no templo Maia de 1000 anos de idade onde foi encontrado? Esculpido numa peça única de raro cristal de quartzo, a cabeça (que apresenta 13 cm de altura e um peso superior a 5 kg) parece uma realização impossível para os Maias desaparecidos. Prismas ocultos na base e lentes polidas à mão inseridas nos olhos combinam-se para produzir uma luminescência ofuscante.

No entanto, os investigadores não descobriram quaisquer provas de que o crânio tivesse sido executado com utensílios modernos. De facto, a estrutura cristalina do crânio não foi respeitada aquando da criação do mesmo, o que elimina a hipótese de intervenção de qualquer lapidário moderno. Será o crânio uma fraude ou uma prova de que a tecnologia Maia estava consideravelmente mais avançada do que geralmente se supõe? Como muitas anomalias, o crânio suscita mais perguntas do que respostas.

Este crânio de cristal de quartzo (...), configuração feminina e afamado por possuir poderes sobrenaturais poderá ter servido como oráculo divino na cultura Maia, há mais de 1000 anos. Embora o exame da superfície exterior do crânio e da sua estrutura interna pareça confirmar a antiguidade da sua origem, o desenho do artefacto sugere conhecimentos de óptica inacreditavelmente avançados e uma extraordinária técnica de lapidação."

 

Fronteiras do desconhecido

Selecções do Reader's Digest

publicado por bonecatenebrosa às 14:07
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Katano a 12 de Outubro de 2007 às 18:37
A explicação é incrivelmente óbvia!!! Os maias sabiam que a chegada dos europeus estava para breve (atravês do pragmático ritual de arrancar corações) e então decidiram investir numa estatégia de marketing! Abriram barraquinhas, fizeram colares e contrataram gajos do leste para fazer bugigangas, entre as quais um crânio feito de quartzo (que podia ser adquirido por um punhado de vidrinhos ou duas moedas de cobre). Simplesmente, a concorrência desleal que tanto caracteriza estas feiras era tão grande que levou á destruição da raça maia deixando apenas o objecto em questão..................
É a única explicação. Ou então foram os aliens....
De bonecatenebrosa a 13 de Outubro de 2007 às 14:43
Essa história da feira foi um tiro pela culatra porque os chineses foram para lá e lixaram a economia da cultura Maia.

Comentar post

.Eu, eu e mais eu

.Perdidos e achados

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
16
20
22
25
26
29
30

.Posts saídos do forno

. 6.ª Sobrenatural - "O euc...

. O fundo pode descer um po...

. Acto de terrorismo

. Duas questões para reflec...

. 6.ª Sobrenatural - "Levit...

. A solução para os problem...

. Dá-me o computador!

. Olha a novidade...

. Já não me metia com eles ...

. 6.ª Sobrenatural - "Quand...

.Posts já maduros

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.Visitas

Counter
Free Counter

.Agora estão cá quantos?

online

.Eu vim de longe...

.Para onde vos mando